domingo, 5 de outubro de 2008

Estamos no segundo turno!!!

15 comentários:

Renata disse...

ontém senti uma emoção desconhecida.
uma emoção de sentir pela primeira vez a verdade da democracia . Pessoas indo votar acreditando na mudança , acreditando no candidato e não só votando para que o outro não ganhe . E sim para que aconteça o verdadeiro movimento para trazer nossa cidade de volta. GABEIRA !

Gabi disse...

Grande passo! Antonio e eu votamos com fé no GABEIRA!!!! beijos queridíssima!

Anônimo disse...

Foi a melhor notícia que recebemos nos últimos tempos! Que alegria votar em Gabeira e vê-lo passar para o segundo turno. Lá em casa as crianças vibraram como se estivessem em um jogo de futebol.
Agora é fé no segundo turno!
beijocas,
Renatinha

dri tavares disse...

eu tb fiquei muito emocionada , acompanhei como nunca a apuração e qdo saiu o resultado vibrei!
seria lindo que ele vencesse esta eleição. Tenho Orgulho dele!

bia disse...

Fiquei também muito feliz. Como disse Marina: votei verde. Bom sentir novamente a esperança de um novo tempo! Senti falta de mais comemoração nas ruas.....

Anônimo disse...

Estamos todos de parabéns, bons ventos no horizonte dessa cidade. Força no 2º turno. Bj Nando

Dida disse...

Faço minha suas palavras! Gabeira já!

Anônimo disse...

Não voto no Rio e não sei quais são as propostas de governo do Fernando Gabeira, mas qdo penso nele a palavra "Maconheiro" me vem a cabeça, então fica aqui me pergunta: O que ele vai fazer contra o tráfico? Ele parou de ser usuário da droga? Se sim, ok minha pergunta não faz sentido, mas se ele continua usuário queria muito saber que atitude ele vai tomar ou alguém vai me dizer que ele planta tudo que consume em casa? Odeio essa hipocrisia que tem por ai. Conheço vários pais que "dão uns tapinhas" e ao mesmo tempo morrem de medo qdo os filhos saem a noite com medo da violência. Sinceramente não entendo essa atitude o próprio pai está contribuindo para essa violêcia comprado a droga de alguém. Acho que falta um pouco de consciência e de que atitudes pequenas fazem difernça sim. Não me entendam mal não sou contra o Gabeira mesmo pq os outros com certeza são corruptos e ladrões e no minimo devem consumir maconha também. Se ele legalizar a maconha, ótimo a maconha seria legalizada e entraria na categoria das bebidas alcólicas e do cigarro mas enquanto isso não acontecer (sinceramente acho bem dificil de acontecer) fica aqui minha pergunta, qual a proposta do Fernando Gabeira contra o tráfico sendo que pelomenos até alguns anos atrás era um maconheiro assumido?

bjs

Adriana Pinheiro disse...

Prezado anônimo, o Gabeira não tem a proposta de legalizar a maconha no seu governo municipal. Aliás, como deputado federal, se não me engano, a propposta dele não era de legalização da maconha e sim do uso do cânhamo.

Quanto ao fato dele ser ou não usuário, não tenho a mínima idéia se ele parou de fumar ou se ainda dá seus tapinhas. A questão mais bacana disso é que o cara assume seus hábitos, tanto que estamos aqui discutindo que moral ele teria contra o tráfico se fosse prefeito. É exatamente isso que o diferencia dos demais - tranparência - perto de governantes hipócritas de se entopem de cocaína atrás das portas fechadas de seus gabinetes e ainda enriquecem roubando o dinheiro do cidadão.

dri tavares disse...

concordo 100% com vc, dri.

Carolina disse...

Também tenho alguma contribuíção ao que "pesa" sobre o Gabeira nessa questão. Infelizmente em nenhuma instância de governo nenhum seria nem nunca foi possível acabar com o tráfico, do que quer que seja, sem que haja uma enorme reestruturação de toda a máquina, o que convenhamos é impossível. O problema é social e não de quem usa ou não essa ou aquela droga.
O gabeira tem uma coerência ética e uma postura política raras por aí, comparadas inclusive com as pessoas que publicamente "não usam droga nenhuma". E suas propostas são sempre apontando no sentido de resolver questões relevantes e possíveis.
Sobre drogas, conheço uma resposta brilhante que o Gabeira deu ao ser perguntado se ele ainda fuma maconha: "Só quando vou à Holanda."
Carol

bia disse...

Nossa!!!!! Vcs responderam exatamente tudo que pensei enquanto lia o comentário do anonimo. Adorei sua resposta Adri. Foi perfeita! Desde quando alguém num cargo executivo como um prefeito, tem o poder de legislar alguma coisa....ainda mais um assunto como esse que evolve toda a nação. Muito equivocado esse comentário...Bjs

Carolina disse...

Só pra completar a Adriana:
A única proposta com relação ao uso de maconha, e seu porte, que foi debatida no Brasil diz respeito à discriminalização, e não à legalização.
Ela continuaria sendo um produto proíbido, mas seu porte em pequena escala teria tratamento diferente do que em grande.
Essa é no mínimo uma discussão séria, responsável e madura, que nada tem a ver com a idéia de "maconheiro ineficiente" que tentam enfiar o Gabeira.

Um cara com uma história como a dele, não deveria ser avaliado nesses termos. Acho um pouco pobre esse critério.

Adriana Pinheiro disse...

Carolina, olha que coisa boa: acabo de receber (e postar no blog) um email que é a resposta perfeita a todos os que pensam como o nosso anônimo, que infelizmente não são poucos... Obrigada pelas sóbrias palavras!
:) beijo

Anônimo disse...

Mas quanto preconceito do anônimo, heim?
Nando