domingo, 26 de outubro de 2008

Derrota

Nem acredito...
Perdemos a chance de dar uma virada no jogo de interesses que rege a política.
Perdemos todos, tanto os que votaram em Gabeira, como os que se deixaram iludir pela rica campanha de Eduardo Paes.
A cidade perdeu, o Rio está triste, calado.

7 comentários:

beatriz diniz disse...

perdemos a eleição, mas tivemos uma enorme e histórica vitória política. gabeira foi alçado por nós, cariocas que não queremos mais nos apequenar diante da importância e necessidade da participação cidadã, à condição do mais contemporâneo articulador da sociedade. em uma cidade cuja população estava anestesiada, gabeira despertou desejos, esperanças e confiança. há muito tempo o rio não sentia essa maresia, há muito o rio não projetava liderança tão quallificada. o brasil precisava dessa maravilha que gabeira inspirou na cidade. ganhamos politicamente porque conquistamos votos sem as estruturas e facilidades das máquinas dos governos federal e estadual. e demos início ao fim de uma escola deplorável de marketing eleitoral, que faz propaganda enganosa, que usa artifícios condenáveis, que adestra candidatos, que desvia a atenção dos eleitores do que é importante realmente em uma eleição e que se escora numa garantia ilegal para as vitórias que é a compra de votos, tática cujo know how o pmdb é mestre. ganhar por 1,6% de diferença, nos bastidores da política, não é uma vitória, é um alívio, foi por pouco apesar da grana, dos currais, das boatarias. vitorioso sai gabeira dessa eleição, ganhou uma legião de combatentes, de resistentes, de cidadãos. agora, queremos o governo paralelo e a articulação da sociedade para continuarmos a exercer nossa cidadania, a eleição encerrou uma etapa fundamental para o que ainda virá. eu tô de braços abertos para os novos ventos que já formaram a primeira onda, a onda verde do gabeira no rio.

Luiz Nicolau disse...

Não fosse o interesse financeiro de sempre, a ganância e a falta de respeito a um cargo de tamanha importância social até este jovem candidato Paes teria votado em Fernando Gabeira. mas o óbivio é incoerente em política.
Não adianta, até para combater a politicagem, tem que se fazer política.
O cidade do Rio de Janeiro ficou dividida e assim permanecerá, até que o sopro de mudança se torne realmente uma mudança concreta.
Esperança e fé têm as cores verdes!! Gabeira, sempre Gabeira, a conquista só está no princípio! E Fernando Gabeira é um homem de princípios!

Luiz Nicolau disse...

(...) eu quis escrever "óbvio"... rss

Julinha disse...

Fiquei muito triste com a derrota do Gabeira, pois acho que era a chance do Rio mudar esta "herança maldita" no que diz respeito aos governantes cariocas.
Entretanto, só podemos desejar que o EP faça um bom governo e consiga mudar alguma coisa.
Beijos,

Julie

Flavia disse...

Campanha rica e suja, viu a quantidade de lixo eleitoral que foi retirado das ruas???? Começando assim, não dá para esperar grandes coisas.

Anônimo disse...

Gabeira perdeu porque não quis dialogar com os partidos políticos.
Ninguém ganha uma eleição majoritária sozinho.
Até hoje só vi o Collor, com aquele
partido nanico.
Em compensação, o quarto poder que é a Mídia, fechou com ele.
E ele caiu pelo mesmo motivo, não
quis dividir o poder com os partidos políticos
Mas, valeu como experiência...

Adriana Pinheiro disse...

Poxa, anônimo, só vc pra comparar Gabeira a Collor! Uma pérola! :)